Futurecom faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

shutterstock_1190069647.jpg

Você está preparado para sua transformação digital?

Já sabe quais caminhos e oportunidades para que empresas fundadas em décadas analógicas modernizem as engrenagens ao mundo digital?

Innovate before it’s too late: Transformação Digital de Negócios” foi o tema do segundo Informa Meeting, que reuniu 800 pessoas, entre líderes e representantes das principais indústrias do País – agronegócio, alimentos e bebidas, energia, infraestrutura, saúde, entre outros – para discutir tendências tecnológicas e caminhos para a inovação, e que teve a consultora e autora do best seller Marketing na Era Digital, Martha Gabriel, palestrando sobre caminhos e oportunidades para que empresas fundadas em décadas analógicas modernizem as engrenagens ao mundo digital, onde é preciso adotar estratégias cada vez mais complexas para manter a relevância em um ambiente volátil e ultra dinâmico.

A transformação digital não é uma preocupação exclusivamente corporativa; em 2018 o MCTIC (Ministério das Ciências, Tecnologia, Inovações e Comunicações) publicou “Estratégia Brasileira para a Transformação Digital” que abrange os pilares:

  1. Plataforma digital governamental;
  2. Atração de investimentos em datacenters e
  3. Plano Nacional de IoT.

E estabelece conjunto de 100 ações para impulsionar a digitalização de processos produtivos e da sociedade brasileira até 2021, com impactos transformadores em agricultura, comércio, educação, finanças, indústria e serviços. Para que isso aconteça foram definidos nove eixos: cinco deles habilitadores e outros quatro temáticos de transformação digital.

Os eixos habilitadores são:

  1. “Infraestrutura de redes e acesso à Internet”, que visa levar redes de transporte de dados de alta capacidade aos municípios, expandindo redes de acesso em banda larga móvel e fixa, em áreas urbanas e rurais disseminando as iniciativas de inclusão digital;
  1. “Pesquisa, desenvolvimento e inovação”, para integrar os instrumentos viabilizadores de promoção da pesquisa, desenvolvimento e inovação – PD&I, bem como as infraestruturas de pesquisa destinadas ao desenvolvimento das tecnologias digitais; aprimorar os marcos legais de ciência, tecnologia e informação – CT&I; usando o poder de compra público para estimular o desenvolvimento de soluções inovadoras baseadas em tecnologias digitais;
  1. “Confiança no ambiente digital” é o eixo de fortalecimento da segurança cibernética no País, com estabelecimento de mecanismos de cooperação entre entes governamentais, federados e setor privado, com vistas à adoção de melhores práticas, coordenação de resposta a incidentes e proteção da infraestrutura crítica; e reforçar os instrumentos de cooperação internacional entre autoridades e empresas de diferentes países, de maneira a garantir a aplicação da lei no ambiente digital;
  1. “Educação e capacitação profissional” tem o objetivo de conectar escolas públicas, urbanas e rurais, com acessos de banda larga, e disponibilizar equipamentos para acesso a tecnologias digitais; incorporar as tecnologias digitais nas práticas escolares, com desenvolvimento do pensamento computacional entre as competências dos estudantes; reforçar as disciplinas matemática, ciências, tecnologias e engenharias e as trilhas de formação técnica para atuação em setores da economia digital, com foco no empreendedorismo; e promover o aprimoramento das formações inicial e continuada dos professores, no que se refere ao uso da tecnologia em sala de aula.
  1. “Dimensão internacional”  para promover a ativa participação do País nas iniciativas de coordenação e de integração regional em economia digital, assim como nas instâncias internacionais que tratam o tema com prioridade; estimular a competitividade e a presença no exterior das empresas brasileiras com atuação nos segmentos digitais; e promover a expansão de exportações por meio do comércio eletrônico e apoiar a inserção de pequenas e médias empresas brasileiras neste segmento.

E os eixos temáticos: “transformação digital”“Economia baseada em dados”“IoT – mundo de dispositivos conectados”“Novos modelos de negócios” e “Transformação digital da cidadania e do governo”.

 

Registre-se para fazer download desse recurso

Registrar-se como membro de Futurecom lhe dá acesso a conteúdo premium incluindo revistas digitais, webinars, whitepapers e muito mais.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar