Futurecom faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

As principais novidades do setor de Telecomunicações em 2024

Article-As principais novidades do setor de Telecomunicações em 2024

As principais novidades do setor de Telecomunicações em 2024.jpg
Inclusão Digital, Reconstrução no RS, Testes D2D e Avanços do 5G - Telecomunicações brasileiras em ascensão, conectando, reconstruindo e inovando.

Em meio a um cenário de transformação acelerada, o setor de telecomunicações no Brasil desponta com uma série de avanços e iniciativas inovadoras em 2024.

Desde a promoção da inclusão digital até a reconstrução de regiões afetadas por desastres naturais, as telecomunicações emergem como um pilar fundamental para impulsionar o desenvolvimento social e econômico do país.

Com investimentos significativos e parcerias estratégicas, o Brasil visa não apenas expandir sua infraestrutura de comunicação, mas também explorar novas tecnologias, como os testes D2D, e consolidar a presença do 5G, prometendo revolucionar a conectividade e transformar a maneira como interagimos com o mundo ao nosso redor.

Inclusão Digital

O Ministério das Comunicações juntamente com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) lançou edital com investimento de R$66 milhões para levar internet a escolas públicas.

O financiamento será feito pelo Fust (Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações). 

A expectativa é conectar pelo menos 1.396 escolas públicas das regiões Norte e Nordeste, mas o total pode ampliar em mais de 1.700 escolas a depender do ágio do edital.

“Os recursos Fust estão disponibilizados no setor de telecomunicações. Isso é uma conquista dos brasileiros. O desafio é fechar 2026 com 100% das escolas do país com banda larga disponível”, afirmou o ministro Juscelino Filho.

Avanços do 5G

No Brasil, 494 cidades já têm o 5G ativo e operando com cobertura completa ou parcial, beneficiando mais de 119,19 milhões de pessoas.

O 5G já está presente em todas as capitais brasileiras, além de diversas regiões metropolitanas e cidades do interior. A sua expansão tem sido exponencial, com mais de 200 cidades conectadas nos últimos seis meses.

Desses 494 municípios, o estado paulista lidera a expansão do 5G, com 104 cidades já conectadas.

Segundo José Felipe Rupenthal, o 5G ainda está em seus primeiros passos no Brasil, mas o futuro é promissor. Com o investimento contínuo, novas tecnologias e a colaboração entre diferentes setores, o 5G tem o potencial de transformar o país e impulsionar o seu desenvolvimento social e econômico.

Testes D2D

A Anatel concedeu Autorização para o Uso Temporário de Radiofrequências que permite a realização de testes para uso de sistemas de satélites se comunicando diretamente com smartphones operando na faixa de 800 MHz, em aplicações conhecidas como Direct-to-Device (D2D).

Os testes envolvem o uso de satélites de baixa órbita desenvolvidos especificamente para operar em faixas de radiofrequências já utilizadas por sistemas de telefonia móvel terrestre. Os experimentos são fruto de parceria entre operadoras de satélite e prestadoras do serviço móvel pessoal.

Os primeiros testes serão realizados em São Luís (MA), entre maio e junho de 2024. A partir deles, será possível avaliar novas soluções para comunicação móvel no Brasil, com potencial de ampliação da cobertura dos sistemas móveis no futuro.

Reconstrução do Rio Grande do Sul

Os recursos do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust) vão ser disponibilizados para a reconstrução da rede de telecomunicações nos locais prejudicados pelas chuvas no Rio Grande do Sul.

Segundo o ministro das comunicações, Juscelino Filho, as empresas interessadas poderão acessar os recursos por meio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), com juros abaixo do mercado.

"Nosso objetivo é garantir que as empresas, sejam elas grandes ou pequenas, possam restabelecer os serviços de comunicação", indicou Filho.

LEIA MAIS:

TAG: Telco
Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar