Futurecom faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

5G na logística e supply chain

5G na logística e supply chain.jpg
A implantação do 5G na logística será um marco revolucionário no setor. Confira!

O mundo está em constante mudança em todos os sentidos. A tecnologia nos apresenta diariamente cenários que até pouco tempo eram inimagináveis. No meio digital, as transformações não param, e a aplicação da tecnologia 5G na logística nos mostra que muito ainda está por vir.

Conversamos com Fernando Moulin, que é professor, especialista em negócios, transformação digital e experiência do cliente e também business partner da empresa Sponsorb.

Se você quer saber mais sobre a 5G na logística, continue com a leitura!

Características do 5G

O termo 5G surgiu no setor de telecomunicações e recebe este nome por ser a abreviatura de tecnologia de 5ª Geração (5G) para uso nas redes móveis e via banda larga.

Quando questionado sobre as principais características do 5G, Moulin ressaltou a alta velocidade, a menor latência, a maior capacidade de conexão e a menor cobertura como as principais. 

“O 5G possui como principais características a maior velocidade de transmissão de dados (conectividade) para os usuários, que pode chegar a ser de 20 a 50 vezes maior que o 4G; a menor latência (tempo de espera na troca de dados entre os usuários e o servidor), que pode chegar a ser de 20 a 100 vezes menor que o 4G; a maior capacidade de conexão de dispositivos simultâneos (devido às ondas de maior frequência da rede) e a menor distância de cobertura (existe a necessidade de um adensamento de rede maior, ou seja, mais antenas para cobrir a mesma área que no 4G)”, explica Moulin.

Vantagens do 5G na logística

A implantação do 5G na logística será um marco revolucionário no setor. Conforme Moulin, devido às altas velocidades e às baixas latências, essa ação trará muito mais controle e facilidades para o trabalho. 

“Tudo o que puder ser conectado será conectado. Ou seja, nas áreas de logística e supply chain, passaremos a vivenciar uma era de controle ainda mais minucioso das cadeias produtivas em todas as suas etapas, facilitando o acompanhamento em tempo real das atividades pelos gestores, o rastreamento de ponta a ponta de toda a cadeia de suprimentos e o advento de inúmeras eficiências logísticas e financeiras que advirão deste processo”, destaca Moulin. 

Relacionado: Conheça a Intermodal Digital e fique por dentro das novidades do setor logístico!

Aplicações do 5G na logística

É natural que se leve algum tempo para que o uso da tecnologia 5G na logística se torne comum a todos os usuários no Brasil. A tendência é de que as aplicações do 5G cresçam conforme os integrantes do setor percebam o real impacto dessa novidade. 

Nesse sentido, Moulin destacou algumas das principais aplicações em sua percepção nas áreas de segurança, soluções em nuvem e rastreamento do supply chain.  

“Acho que vale listar algumas das principais, como o rastreamento em tempo real de todos os pedidos do varejo e distribuição de insumos e produtos ao consumidor final ou a clientes empresariais, bem como de seu transporte; a automação em toda a cadeia produtiva (indústria 4.0, varejo 4.0, agricultura 4.0); a viabilização do uso massivo de drones e robótica em processos logísticos; o controle automático via sensores conectados de todos os elementos da malha de gestão logística; e a aplicação de Inteligência Artificial no controle e otimização de processos logísticos, com respostas em tempo real”, opina o professor. 

A 5ª Geração da internet, além da logística, deverá impactar positivamente inúmeros setores. Quer saber mais? Então baixe agora o nosso material que explica como funciona o network slicing do 5G.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar