Futurecom faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

tranformação-negócios-digitais.jpg

5 passos para acelerar a transformação de TI e os negócios digitais

Já pensou contar com um passo a passo de ações para acelerar a transformação de TI e se tornar pronto para o digital? É o que apresenta o volume 3 do Global Interconnection Index (GXI), publicado pela Equinix.

O estudo recomenda que todo líder digital deve implementar cinco ações, que juntas formam um modelo de maturidade de interconexão que aborda as tendências disruptivas enfrentadas por todos os negócios. 

Otimização de rede, multicloud híbrida, segurança distribuída, dados distribuídos e troca de aplicações formam os cinco passos para criar uma vantagem competitiva para negócios digitais. Eles vieram do estudo de mais de 1.900 implementações do setor em todo o mundo, documentadas no portal IOA Knoledge Base e validadas por profissionais de TI e especialistas do setor.

“O GXI fornece um perfil de implantações reais de infraestruturas prontas para o digital. Ele mostra onde a empresa está em sua própria maturidade digital, o que a permite desenvolver uma plataforma de negócios digitais que maximiza sua posição na digital edge para trazer novo valor para seus clientes, funcionários e parceiros em escala global”, explica Wellington Lordelo, gerente de Solution Marketing da Equinix Brasil.

Os 5 passos que todo líder digital deve dar

Serviços de TI distribuídos exigem uma plataforma digital de negócios para obter performance, segurança e troca de dados de qualidade na digital edge - ou seja, no ponto em que os dados de uma empresa estejam mais próximos de seus usuários. O GXI constatou que isso está correlacionado a uma maior necessidade de velocidade de interconexão e às ações essenciais para que as empresas líderes se tornem prontas para o digital.

Ao combinar os passos - otimização de rede, multicloud híbrida, segurança distribuída, dados distribuídos e troca de aplicações - é constituído um modelo de maturidade de interconexão que aborda as macrotendências digitais de negócios, urbanização, cibersegurança, conformidade de dados e dos ecossistemas de negócios.

Lordelo aconselha que os provedores de serviços usem essas ações para posicionar as ofertas com base nas necessidades da empresa. “Os serviços gerenciados podem usar esse passo a passo para ajudar a acelerar a integração da empresa com nuvens, ecossistemas e os controles necessários para distribuir dados e manter a segurança”, completa.

Acompanhe cada um dos cinco passos:

  • Otimização de rede

É direcionado à estratégia de encurtar a distância entre usuários e serviços, além de localizar o tráfego nos hubs de interconexão. Entre os seus benefícios, estão: redução de mais de 60% em custo de transporte, diminuição de mais de 30% na latência e aumento de dez vezes na largura de banda.

  • Multicloud híbrida

Tem como objetivo conectar diretamente clouds públicas e privadas, resolvendo desafios relacionados a computação distribuída, aplicações e complexidades de usuários. O resultado é visto em redução de até 70% dos custos de conectividade para clouds, mais opções de conectividade e complexidade minimizada.

  • Segurança distribuída

Implementar e conectar controles de segurança nos hubs de interconexão é a estratégia deste passo, que acarreta no controle sobre o acesso e dados em tempo real com redução dos custos de auditoria e da exposição de modo geral.

  • Dados distribuídos

Essa ação é destacada para gerenciar a troca de dados globalmente. Sua adoção provoca redução dos custos de transporte de dados, entrega em tempo real e vantagem de processamento localizado.

  • Troca de aplicações

Empresas que enfrentam problemas de troca de aplicações, como envolvimento e participação em tempo real, se beneficiam dos serviços distribuídos de TI implantados neste passo: APIs públicas, envio de mensagens, blockchain e BPM. O resultado é visto em termos de maior produtividade digital com menor latência, maximizando a experiência digital e a posição de mercado.

transformação-digital-equinix.png

Descubra mais sobre os objetivos, desafios, benefícios, serviços implantados e a estratégia de cada um dos cinco passos no volume 3 do Global Interconnection Index (GXI).

*Este é um Publieditorial sob responsabilidade de EQUINIX.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar