Futurecom faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

IoT impacta qualidade de vida em cidades brasileiras. Conheça os cases

IoT impacta qualidade de vida em cidades brasileiras. Conheça os cases

A IoT (internet das coisas) está se expandindo rapidamente no Brasil. E as expectativas para os próximos anos são de que bilhões de dispositivos estejam conectados somente na América Latina. Uma das bases da nova tecnologia é a conectividade entre dispositivos diversos para encurtar distâncias, juntar objetivos e otimizar as atividades de todos os atingidos por ela.

Em uma pesquisa da Secretária de Trânsito de Curitiba (PR) descobriu-se que pessoas com dificuldades motoras – como aqueles com mais de 60 anos – levam até 30% a mais do tempo para atravessar de um lado para outro na rua. Assim, foram instalados sensores em 39 cruzamentos viários para ajudar idosos e pessoas com deficiência a atravessarem em segurança. Os sensores funcionam por meio de reconhecimento do cartão transporte que pessoas com essas características carregam consigo para ter isenção no transporte público local.

Outro exemplo da usabilidade da IoT para o bem-estar populacional é o de um sistema que auxilia pessoas com deficiência visual no transporte público. Graças a sensores, dispositivos de áudio e comunicação em braile, as pessoas não precisam depender de outras para saber quais linhas de ônibus passam em determinado ponto, que horas eles chegam e se eles estão chegando.

Por meio de um painel com inscrições em braile instalado nos pontos de ônibus, o passageiro pode verificar quais linhas passam pelo local. Depois de selecionada, o dispositivo avisa com um alerta sonoro se o ônibus está para chegar. O motorista também é avisado em seu carro.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar