Futurecom faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Agronegócio: conectividade para o impulsionamento das safras

Agronegócio - conectividade para o impulsionamento das safras.jpg
As novas tecnologias permitem que os produtores rurais tenham mais rentabilidade, tendo em vista que mapeiam e monitoram as suas áreas com muito mais precisão. Leia mais!

A relação entre agronegócio e conectividade é cada vez mais estreita. Afinal, os gestores do campo cada vez mais usam e apostam em recursos digitais para melhorar as suas atividades e impulsionar as safras.

As novas tecnologias permitem que os produtores rurais tenham mais rentabilidade, tendo em vista que mapeiam e monitoram as suas áreas com muito mais precisão, por exemplo.

A chegada da conexão 5G deve otimizar ainda mais o manejo das culturas e o impulsionamento das safras. 

Paulo Bernardocki, que é diretor de Redes e Tecnologia da Ericsson para o Cone Sul da América Latina, conversou conosco sobre esse tema. Acompanhe!

Agronegócio e conectividade: entenda os benefícios da relação

A relação entre agronegócio e conectividade pode trazer diversos benefícios para as safras. Bernardocki explica que a principal delas é a facilidade de acesso às aplicações.

“A conectividade pode ser feita através de diversas tecnologias, como satélite, redes não licenciadas (Lora) e também celular. A tecnologia que atende a maior gama de casos de uso, por permitir mobilidade, bem como a flexibilidade de taxas de transmissão, é a tecnologia celular”, comenta o diretor da Ericsson.

Bernardocki também aponta como um grande benefício da conectividade, a escala global que ela possui, tendo em vista que os preços dos dispositivos são muito atraentes e proporcionam o uso de inovações que acontecem em qualquer parte do globo.

“A conexão se dá através da instalação de torres de celular nas proximidades das áreas de cultivo, que têm o alcance de dezenas de quilômetros”, destaca o especialista.

Conectividade no agronegócio: conheça as tecnologias disponíveis

Bernardocki explica que, com o uso da conectividade, é possível implementar diversas situações de uso. Todas elas auxiliam o aumento da competitividade da agricultura brasileira.

O diretor da Ericsson citou algumas das tecnologias de conectividade no agronegócio que se destacam: 

  • telemetria de máquinas: monitoramento de desempenho e mapas de colheita;
  • agricultura de precisão: adubação e pulverização a taxa variável;
  • conectividade de estações meteorológicas e sensores de solo: controla, por exemplo, a umidade do solo;
  • comunicação com frentes de colheita e monitoramento do pessoal;
  • segurança de ativos.

Essas são algumas das tecnologias de conectividade no agro que estão em alta e sendo muito utilizadas no momento. No entanto, vale lembrar, que a transformação digital segue ocorrendo e novos recursos surgem a todo instante.

Bernardocki salienta que a conectividade habilita a utilização de diversas tecnologias digitais. De tal modo, novas tendências podem ser observadas e aplicadas para que o setor agro consiga aumentar a sua produtividade.

Nesse sentido, o especialista exemplifica: “Pode-se, por exemplo, citar a agricultura de precisão, os softwares de gestão da fazenda, o monitoramento de processos agroindustriais, o planejamento de colheita, a aquisição de insumos e a comercialização da safra”.

Apostar em soluções tecnológicas, por meio da conectividade no agronegócio é uma excelente maneira de melhorar as safras e aumentar os lucros no setor agrícola.

Siga se informando sobre esse assunto! Leia agora o nosso material oferecido pela Ericsson e que explica como o IoT celular habilita uma gestão de custos mais assertiva no campo.

 

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar