Internet das Coisas, O Futurecom

Jon Hall da Linux explica como IoT pode ajudar a reduzir custos

Imagine potencializar a utilização da geladeira da sua casa em horários em que a energia custe menos ou mesmo de maneira personalizada, com variações de temperatura ou em horários em que você está em casa. De acordo com o diretor da Linux, Jon Hall isso é possível de ser feito. “A Internet das Coisas pode ajudar a economizar ou reduzir o uso”, explica.

O exemplo da geladeira dado por Hall se baseia no conceito de percebermos que a temperatura aumentou, ficando menos fria. Normalmente iriamos tentar reverter isso mudando o termostato do refrigerador. Mas sabendo que essa temperatura não vai estragar seus alimentos não razão para mudá-la. Com o IoT, o refrigerador se readequaria automaticamente ou te avisaria de manter a temperatura como está.

Segundo Hall, um agricultor que usa defensivos, talvez nem precise utilizar o produto em toda a plantação. “O IoT avisa onde dispersar o produto”. Imagine ainda identificar um animal doente! Mas para que isso aconteça é necessário que o mercado disponibilize sensores de baixo preço, do contrário o custo final de um frango, por exemplo, vai aumentar muito.

Além do desafio do valor dos sensores, Hall alerta para possibilidade de vírus e malwares. “Infelizmente isso existe e não é tão simples de ser resolvido. Vai depender de profissionais de ciências da computação e engenharia da computação. E o blockchain pode ajudar nisto também”.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.