Transformação Digital

Setor de gás e óleo: impactos da transformação digital

Como a geografia de cada local de exploração demanda cuidados específicos, a utilização da transformação digital para o setor de óleo e gás possui um processo de inovação muito próprio. Sensores inteligentes da Internet das Coisas (IoT) acompanha-se o funcionamento de válvulas, sabendo se foram fechadas ou abertas, sobre eventuais vazamentos, além de verificar se temperatura e volume estão adequados o que permite manutenção correta e identificar – e evitar – que algum problema ocorra.

A transformação digital impacta todo o rastreamento ponta a ponta, facilitando a tomada de decisão de maneira mais assertiva. Porém, para que tornar possível esse ambiente conectado e digital, é preciso transmitir em tempo real informações em instalações que estejam geograficamente dispersas, campos de exploração, por exemplo, deixando de lado a transmissão via satélite e investindo e transmissão de dados via nuvem.

Ferramentas colaborativas no grupo de trabalho, semelhantes ás mídias sociais deixam a comunicação empresarial mais dinâmica. Além disso, agregam valor por unificar informações e dados. Com essas soluções é possível enviar mensagens como a parada na produção ou se é preciso fechar ou abrir válvulas, alterações no preço do barril e mudanças na linha de distribuição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.