• Digital Futurecom is part of the Informa Markets Division of Informa PLC

    This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Conectividade, Segurança

Vantagens da tokenização para meios de pagamento

A tokenização é um processo tecnológico usado para substituir dados confidenciais como números de contas ou cartões de créditos por meio de uma série de símbolos. Dessa forma, se algum invasor conseguir entrar em um banco de dados em que informações valiosas estão armazenadas, ele só terá acesso aos dados tokenizados.

Por exemplo, se uma pessoa chamada José da Silva fizer uma compra num e-commerce que utiliza um sistema de tokenização, seu nome será armazenado no banco de dados em forma de símbolos, como “$R5YY%@”.

Apesar do termo “tokenização” e “tokien” ser bastante utilizado atualmente no contexto de meios de pagamento, muitas pessoas ainda possuem dúvida sobre suas vantagens. Pensando nisso, preparamos um conteúdo exclusivo no qual vamos responder:

  • Quais as vantagens da tokenização para a segurança dos dados?
  • Por que investir em tokens no mercado de meios de pagamento?
  • Quais as inovações desse sistema?

Tokenização e segurança

Como a tokenização praticamente apaga os dados confidenciais de um determinado cliente e os transforma em códigos, após uma compra ou cadastro qualquer, é correto afirmar que ela é uma alternativa muito mais segura do que os métodos tradicionais, que apenas armazenam os dados em bancos de dados protegidos com firewalls.

Afinal, transformar os dados pessoais e/ou números de cartões de crédito em códigos indecifráveis é a melhor forma de garantir que os mesmos não serão usados em caso de roubo ou invasão dos servidores nos quais eles estão armazenados.

Além do apelo comercial da tokenização para empresas que precisam garantir a segurança máxima dos dados de seus clientes, vale lembrar que a Lei 12.965 (Marco Civil da Internet) atualmente prevê uma série de regulamentações e punições relacionadas ao armazenamento e uso dos dados confidenciais de clientes, seja por bancos multinacionais ou e-commerces locais.

Como a tokenização pode ser usada nos meios de pagamento?

Apesar da tokenização ser uma tecnologia que já está promovendo mais segurança para clientes e empresas dos mais diferentes segmentos, especialistas concordam que ela terá um impacto ainda maior nos sistemas de pagamentos móveis – especialmente nos serviços de carteira digital.

Como afirma Mark Nelsen, VP Sênior de Risco da Visa:

“Os dados de pagamentos são uma forma de os criminosos conseguirem fraudar as empresas. Precisamos entregar tecnologias que possam proteger as empresas e os usuários. O conceito da tokenização é a chave para isso”.

A segurança sempre foi o maior obstáculo das empresas que apostam nos meios de pagamento móvel. Afinal, como celulares são dispositivos que podem ser roubados ou perdidos com muito mais facilidade, é preciso buscar formas muito mais modernas e inteligentes para garantir a segurança dos dados.

A tokenização resolve esse tipo de problema transformando – por meio de algoritmos complexos – todas as informações em símbolos indecifráveis para seres humanos.

Na prática, a tokenização traz as seguintes vantagens:

  • Reduz o escopo de PCI DSS (Payment Card Industry Security Standards Council);
  • Torna os dados confidenciais de clientes inúteis para hackers, que só conseguirão ver símbolos indecifráveis;
  • Evita ao máximo a manipulação dos dados – somente a bandeira tem a capacidade reverter a tokenização;
  • Pode ser facilmente integrada em diversos sistemas de pagamento e/ou dispositivos móveis.

Como o mercado está reagindo à tokenização?

A tokenização já é uma realidade, sendo que já existem dezenas de empresas no mercado que oferecem a implantação do sistema para e-commerces e sistemas de pagamento em geral.

Mas talvez o caso mais significativo de implantação da tokenização seja o MasterCard Digital Enablement Service (MDES), que busca revolucionar os meios de pagamentos móveis, também conhecidos como carteiras digitais.

Em parceria com o Nubank, o objetivo é integrar a tokenização aos cartões de crédito, que poderão ser usados em aplicativos como ApplePay, Samsung Pay e Android Pay – principais carteiras digitais do mercado mundial.

Se tudo der certo, tudo indica que em breve os consumidores brasileiros poderão sair às compras portando apenas o seu smartphone como forma de pagamento, dispensando completamente o cartão físico.

O que você acha desta novidade? Que espalhar as boas novas em suas redes sociais? Compartilhe!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.